Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Miliuma

insónias | ideias | publicações

#65 hashtag férias

 

2016 tem sido interessantíssimo. Sem ironia, tem mesmo. Mas o interessante nem sempre paga as contas e agora que vou ter a minha semana de férias anual a dois - é preciso chegarmos a Novembro para conciliarmos 7 noites consecutivas. Assim, para as nossas importantes férias de uma semana e qualquer coisa a descansar o cérebro e a alimentar o coração, num instantinho percebemos que precisávamos de praia e pouca movimentação. Contudo, com 7 noites apenas, torna-se apertado ir para a Ásia e destinos com os quais sonhamos persistentemente (sim, o advérbio é mesmo este!) Portanto começámos a ver destinos mais próximos e que ainda nos permitam apanhar sol e umas temperaturas simpáticas. Confesso: eu comecei, eu faço a pesquisa, com todo o gosto. Quando era pequena, o meu pai trazia-me carradas de revistas da agência Abreu e eu brincava com a minha vizinha às agências de viagens. Hoje continuo a ter um gostinho especial por esse cargo de direcção turística familiar.

 

 

Os destinos, dizia: Cabo Verde, Marrocos, Egipto, Baleares, Canárias e quizas, Caraíbas. Rapidamente as escolhas foram ficando mais reduzidas com os comentários e ajudas de mensagens e comentários no Facebook durante o dia de hoje. Parece que Marrocos não é quente em Novembro, Egipto está uma porcaria em termos de turismo, ainda todo abalado com o tiroteio no resort e a queda do avião, Baleares ficam fresquitas, Canárias tá-se bem e Caraíbas também mas é aquele filme turístico em que entras num resort e sais ao fim de 7 dias e parece que foste ali ao Samouco, porque nem se percebe se é território mexicano ou dominicano. Cuba não vale a proposta, que já lá passei muitos meses da minha vida, as saudades são imensas mas ainda há-de demorar até lá voltar. O que me deixa com Cabo Verde e Canárias (e ainda, remota, a hipótese de uma punta cana ou cancun). Agora confesso: tenho vontade nula de pagar uma exurbitância para ir a Cabo Verde ou Lanzarote em Novembro, não estamos a falar de Bali nem ilhas Phi Phi ! Ilha da Boavista a 1500 euros por pessoa? Pois, depois dizem-me não, canhoto, que eu vi no site deste e daquele e é partir de 579. Claro, mas não é em Novembro, nem é em nenhum hotel agradável, nem tem refeições incluídas, com voos de duas escalas, sem transfers e ainda se paga taxa de reserva e taxa de turismo à parte. Fazemos contas outra vez?

 

Entretanto comecei a pesquisar voos em separado dos hotéis, mas percebi que a maioria dos hotéis têm pre-reservas para as agências nessas datas e que não estou a conseguir fazer combinações nem acordar pela internet em todos os sites qual o regime de alimentação incluído (pequeno-almoço, meia pensão e essas coisas!). E há promoções com voos que realmente compensam. Mas tudo depende do hotel, da data de partida, da agência e da vontade do website em questão funcionar.

 

E isto levou-me à pergunta: Há algum site onde possa pesquisar campanhas de férias de todos os operadores turísticos, como quem pesquisa hotel no trivago? Ou estou neste preciso momento a oferecer de bandeja uma excelente ideia de negócio? Porque, com esta conversa toda, parece que passou muito tempo, mas à semelhança do drama todo do Romeu e Julieta que em três dias estava resolvido, eu fiz esta tralha toda hoje, fui ao ginásio, tratei de assuntos do carro, trabalhei num novo projecto e fiz as compras do mês no supermercado, o que ainda me rendeu uma hora de trânsito no fim. Estão a perceber porque é que um site assim ia ajudar a minha vida e a de muita gente?

 

Resto pedir encarecidamente a ajuda de todos os que adoram opinar sobre estas coisas ou que brincavam às agências de viagens como eu e que gostam de estar actualizados sobre preços de campanhas promocionais, que me escrevam sobre o assunto. Primeira semana de Novembro. Primeiro post altamente interactivo. Mais uma insónia à vista!! :)

 

©liskdesigns

 

 

 

1 comentário

comentar publicação