Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Miliuma

insónias | ideias | publicações

#17 parte II - comida e amor

 

(continuação de parte I - amor e comida)

 

O Miguel Somsen também consegue passar horas a falar da sua relação com a comida, e da comida com os portugueses e com as diferentes culturas.

 

No meio de mais uma conversa sobre este tema, falámos das nossas descobertas minimamente recentes (meia dúzia de anos, vá) sobre a forma como comemos dependendo da bebida que acompanha o prato. E eu dizia-lhe que não queria ir a um restaurante michelin pagar um menu de degustação para pedir um vinho só, porque esse vinho não iria acompanhar igualmente todos os pratos servidos; portanto, também teria de pedir um menu de degustação de vinhos para acompanhar e, para isso, vou ter esperar mais uns tempos para poupar a quantia certa. Ou então, bebo água, que essa não condena o sabor.

 

O Somsen gosta muito de vinho, mas é o senhor do Gin. E se houvesse um jantar de degustação de cozinha de autor acompanhada por degustação de gins como complementos (ou até potenciadores) de cada prato? Há:

 

 

na Gin Lovers Príncipe Real, onde os três Miguéis se juntam para essa experimentação de altíssimo interesse e qualidade. O Chef Miguel Castro e Silva, que assina a cozinha do LESS -  restaurante do espaço, é desafiado para lançar novas propostas e testar as suas novas criações gastronómicas, enquanto que o Miguel Somsen e o Miguel Miranda recebem as pessoas e criam os pairings de gin, que tanto podem ser cocktails como gin tónicos completamente diferentes do expectável.

 

Claro que tive de ir lá, com todas as minhas esquisitices e alergias alimentares, para o Miliuma poder falar do assunto com propriedade. E também porque os 3 Miguéis foram amáveis, como sempre, e me convidaram!

Este jantar foi lançado com Hendricks, a um domingo, foi o primeiro e já estava a sala completa.

 

Primeiro a Welcome Drink: Hendrick’s Mule. No meu caso não havia necessidade, o serviço no LESS é rápido, seguido, assim que começa a aventura não se fica à espera entre um prato e o seguinte. Veio a entrada antes de eu lançar a lista de alimentos que não posso ingerir (ou que posso ingerir em troca de edema na glote, etc). Era um tártaro de atum com ar apetitoso e tomate-cereja, esse assassino. Mandei para trás e, para não haver qualquer contacto com o alimento, o Chef preparou-me outro tártaro. Só por isso, já estava satisfeita. Entretanto, veio o meu prato. Corrijo: agora sim, estava satisfeita. Uau! A acompanhar, um cocktail Hendrick’s baseado num Sour - Cocktail com uma vertente cítrica, que contrastava com o fumado do tomilho e o salgado do tártaro. E o caro leitor diz: epá, que bem que ela fala. Desenganem-se, estou a fazer copy paste da ementa.

 

 

A noite continuou com:

 

Vieiras com Milho e Pimenta Rosa &

Hendrick’s tónico com Zest de Limão e Endro. A acidez do limão e a complexidade do endro, que também é usado no prato. Uma ligação óbvia no endro com o contraste do limão e o doce do milho.

 

Risotto de Cepes e Pancetta crocante &

Hendrick’s tónico com infusão de raiz de Angélica e bitter de Aipo. Um G&T mais elaborado a acompanhar um prato que sugere uma bebida mais forte. Mantendo o perfil de aromas do Hendrick’s, é adicionado  o toque mais especiado da Angélica, com nuances de anis e cravinho.

 

Mousse de Chocolate e telha de Amêndoa &

Hendrick’s Berry  - Cocktail que junta ao Hendrick’s frutos vermelhos, sumo de limão e muita imaginação.

 

 

 

Não tenho mais frases para descrever a maravilha que foi esta noite. Conheci pessoas novas enquanto apreciei, com elas e com os Miguéis, estas maravilhas. No fim, ninguém queria ir embora.

 

Abrimos um vinho. A noite na Gin Lovers consegue ser infinita e única. Desculpem-me a frase a tom de slogan. Mas o que podia só ser mais um jantar, tornou-se numa noite que me ficou no coração. Eu acho que foi do tártaro.

 

Less by Miguel Castro e Silva Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato