Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Miliuma

insónias | ideias | publicações

#15 carteiras no norte, malas no sul

 

E ainda a surpresa de quem pouco me conhece, quando afirmo que escrever um blog é uma luta.

 

Não é a falta de tempo, nem são as fotos, nem o receio dos comentários impróprios.

 

É isto, é poder vir aqui falar de malas e continuar a ser quem sou, sem que tenha de passar a provar a minha inteligência como contraponto à escrita de um texto acusável de futilidade.

 

São apenas bolsas para colocar coisas lá dentro. Mas, às vezes, tapam-me as pernas quando estou no cinema ou servem de almofada no comboio para o Porto. Também guardam as chaves da nossa casa e se tiverem uma boa estrutura interior, fazem com que encontre as chaves do carro antes de ter de pagar mais uma hora de parquímetro. São abraços quando me sento na soleira da porta de uma casa antiga e espero por alguém (gosto de chegar a horas, o que me faz esperar muito). E podem ser confortáveis e bonitas e cheirar bem e, algumas, ser minhas.

 

Aqui, as últimas três aquisições, por coincidência, as três da Ted Baker (disponíveis no El Corte Inglês).

 

 

1 - minúscula, obriga-me a levar apenas o essencial.

2 - shopping bag, há dezenas de prints diferentes e comprei-a para levar o ipad e a lancheirinha para o estúdio, durante as gravações da novela.

3- prenda dele para mim, tamanho perfeito para andar com ela no avião e comboio Lisboa - Porto, saco de fim-de-semana de verão, companhia para umas compras e leve, leve, leve. 

 

Hoje passei pela montra da Furla. <3

 

 

 

 

 

15 comentários

comentar publicação