Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MILIUMA

insónias | ideias | publicações

MILIUMA

#146 então é mais ou menos isto

 

2018 miliuma.png

 

Este ano vi imensas declarações nas redes sociais contra a mania de fazer listas. Sejam específicos: realmente, é um grande disparate isso das 8 coisas que fazem uma mulher apaixonar-se para sempre, porque, convenhamos, há uma feromona qualquer que trata do assunto por nós, quer queiramos quer não. Contudo, uma listinha para a passagem de ano não faz mal a ninguém, nem umas listas de vez em quando para ajudar a organizar esta nuvem multiforme e frenética de afazeres vários que (me) acompanha, até às mais teimosas insónias.

 

Assim, para 2018 desejo:

  • Cuidar mais da minha saúde, que parece que vou ter que ficar com este corpo para sempre (e cada vez pior)
  • Trabalho a dar com um pau
  • Passar a dormir apenas 7 horas por dia e aproveitar a hora restante exclusivamente para ler
  • Menos café, mais chá
  • Escrever mais (todos os anos tento, vai ser desta!)

Manter o que de bom conquistei ao longo destes trinta e dois anos de vida - não sei se é algo que deva entrar nesta lista mas sei que é prioritário, imperativo a não esquecer. Não esquecer, esse exercício diário. Fechar a porta a 2017, mas não esquecer.

 

Feliz 2018 para todos!

 

Música do ano:

"Wild Is The Wind"

Nina Simone

 

Love me, love me, love me, say you do
Let me fly away with you
For my love is like the wind
And wild is the wind

Give me more than one caress
Satisfy this hungriness
Let the wind blow through your heart
For wild is the wind

You touch me
I hear the sound of mandolins
You kiss me
With your kiss my life begins
You're spring to me
All things to me

Don't you know you're life itself
Like a leaf clings to a tree
Oh my darling, cling to me
For we're creatures of the wind
And wild is the wind
So wild is the wind

 

 

 

 

2 comentários

comentar publicação