Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Miliuma

insónias | ideias | publicações

#14 the amelia project

 

Eu não estou a viver no aeroporto para salvar o Nyan, mas vim dar a minha contribuição.

 

 

Nyan é a representação de milhares de crianças que morrem anualmente de cancro no Myanmar, um país paupérrimo com 50 milhões de habitantes e apenas um hospital pediátrico capaz de receber estas crianças.

 

Leiam mais aqui, mas leiam mesmo, porque é quase inacreditável (e nós, eu e quem me estiver a ler, podemos ajudar!).

http://www.theameliaproject.eu

 

Quando o meu colega Luís Eusébio me disse que ia passar 24 horas no aeroporto e me explicou do que se tratava, em minutos reajustei a agenda toda e fui visitá-lo, conhecer o Fernando Pinho e fazer parte da mudança. Mostraram-me imagens e contaram-me as histórias. Pelo contexto, contei-lhes como eram os hospitais em cuba, os não turísticos - uma casa-de-banho para todos, cães moribundos a percorrerem a ala da maternidade, pareos a servirem de divisórias entre salas de observação, agulhas não esterilizadas, algodão sujo a ser reutilizado. E eu, que vivi lá e estive lá hospitalizada à custa de umas dorzitas, multipliquei a falta de condições e sensação de medo por mil e juntei-lhe a impotência da falta de alternativa. 

 

Eles agradeceram muitas vezes e ainda não compreendi porquê. Eu é que tenho de agradecer por ter uma vida boa e poder ajudar os outros. Por me ser possível, com menos do que o preço do voo Lisboa-Porto, salvar uma vida. E isso é brutal.