Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Miliuma

insónias | ideias | publicações

#124 gula - ep.9

 Japão, anseio-te.

 

ataribabymiliuma.jpg

 

Aparte sobre viagens:

Ontem jantei com uma amiga que esteve duas vezes no Japão, recentemente. Falámos sobre tudo menos sobre isso, um disparate. Tenho quinhentas perguntas (quase literalmente), uma vontade enorme de embarcar já para a semana e levar comigo uma câmara, um smartphone e um bloco de notas, para registar tudo. É muito dinheiro, há-que saber gerir a visita. Prometo, portanto, partilhar todas as dicas, seja antes ou depois de um dia lá colocar o pé.

 

Ainda sobre jantares, com outra amiga (a Helena adolescente não imaginou que um dia teria tantas amigas mulheres, mas isso é conversa para outro post), visitei o Atari Baby, espaço que tanto ansiava visitar desde que estava em soft opening.

 

Vamos lá falar do Atari:

1 - Depois de ter lá estado, quero já voltar! Levar um grupo de 8 pessoas e experimentar as salas de Karaoke! Qual Lost in Translation com perucas rosa e azul elétrico a combinarem entre si.

 

2 - Comida japonesa não é só sushi e sashimi. Se não estávamos habituados a essa ideia, Atari Baby veio juntar-se a Tasca Kome e Miss Jappa nesta demanda amorosa de trazer sabores nipónicos sem os rodízios malucos que abrem em cada pedra da calçada.

 

3 - Partilhar também é o verbo deste restaurante: peçam sempre a dobrar e dividam a meio. Há muito para se provar, a carta não se esgota numa visita nem num só grupo de amigos.

 

4 - Subscrevam o Zomato Gold (não, não sou patrocinada pela Zomato) e vale logo a pena! Com a Zomato Gold, pagam UMA só vez a subscrição (3 meses, 6 meses ou 12 meses) e sempre que forem a um restaurante aderente (só em Lisboa há mais de 300), basta abrir a aplicação et voilà!, têm direito a dois pratos pelo preço e um. À segunda visita, já houve o retorno do investimento e a lista é uma maravilha: basta aceder a zomato gold dentro da app e tem uma lista de restaurantes aderentes, que se podem ordenar por localização, popularidade, etc. Portanto, como à segunda visita a coisa está paga, não se perde absolutamente nada e se usarem o meu código MILIUMA, têm desconto de 25%. Mais uma vez, não sou patrocinada pela Zomato e o meu código tem o nome MILIUMA porque estou registada no Zomato com esse nome e o código é gerado automaticamente. Estou, apenas, a dar um conselho que considero útil. Uau, incrível dar conselhos sem posts pagos, não é?

 

atari-baby-miliuma-1.jpg

 

5 - Wakame Salad: uma delícia, docinha e fresca.

 

Gyosas de Camarão: sou uma fã incorrigível de gyosas desde que fui pela primeira vez a um restaurante japonês em Lisboa, no ano de 2004, treze já lá vão. Estas são das melhores que já comi.

 

Atari Pizza: obrigatório. 4 fatias, gira, fresca, dá vontade de mais. É a signature starter lá do sítio!

 

Takoyaki: não comi, mas vale a pena pedir, caso nunca tenham visto flocos de katsobushi. É uma experiência, quanto mais não seja, visual. 

 

Yakitori Negima: a única que não gostei particularmente. O frango estava demasiado cozinhado para o meu gosto.

 

PacMan SSC: lembram-se de falar da minha predileção por caranguejo de casca mole? (este é o quarto post em que falo sobre os ditos). Aqui vai mais um restaurante que o faz extremamente bem! Este prato tem de ser escolhido em todas as visitas ao Atari Baby! Que perfeição de Bao.

 

Fica então aqui a minha lista de japonezices boas. Bom proveito!ataribaby-miliuma.jpg

 

 

 

Atari Baby Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

 

1 comentário

comentar publicação