Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Miliuma

insónias | ideias | publicações

#110 beleza do vale das furnas

 

Quando lancei o blog, disseram-me logo que ia encontrar naturalmente o meu foco; os assuntos que mais me interessariam explorar seriam definidos com o tempo, com o passar dos meses ou até dos anos. Com treze meses de existência, continuo a sentir-me nessa exploração e redefinição constante. Uma coisa é certa e comprovada: funciona melhor quando dou espaço à visceralidade dos meus constrangimentos e emoções, quando defendo e refuto à minha maneira, sem polimentos. Há espaço para toda a gente e este é o meu espaço, com a voz das minhas miliuma ideias.

 

 

 

Neste processo comecei a pesquisar sobre produtos portugueses, sobre a nossa pegada mais feia no planeta, sobre testes em animais, entre outros assuntos do género dos quais vou falando em posts como este e este. Encontrei uma marca portuguesa que me despertou francamente o interesse - sim, fui eu e uma amiga que os encontrámos e não o contrário.

 

A mais de mil e quatrocentos quilómetros de distância de qualquer fonte de poluição, os Açores e os seus elementos da natureza únicos foram considerados, pelos seus fundadores, o local perfeito para o desenvolvimento dos produtos da Ignae. No site desta maravilhosa descoberta, pode ler-se que têm em curso “diversos projectos de investigação e desenvolvimento de novos ingredientes, desde o fundo do Mar dos Açores até aos pontos mais remotos e inacessíveis destas Ilhas, passando pela fumarolas vulcânicas.”.
Portanto, há uma linha de cosmética nacional de altíssima tecnologia e sem testes em animais, que aproveita os nossos recursos naturais de forma não destrutiva e nos traz resultados. Não creio que tenha de explanar as vantagens. Só posso falar dos meus resultados, que já usei uma embalagem de complexo de dia e outra de complexo de noite na totalidade:

As embalagens do produto são incríveis e o dispensador funciona muito bem. O creme, que é o mais importante, tem um óptimo cheiro, embora seja subtil. A minha pele absorveu bem o produto e não ficou vermelha, apesar de ser uma pele muito reactiva. Acrescento que, após um mês a usar o produto diariamente, a pele está muito bonita e mantém-se sem reacção adversa.

 

 

Aconselho toda a gente a visitar o site da Ignae e a ler sobre a história e a ciência desta minha nova descoberta. É uma delícia ver-nos a crescer com tanta qualidade.
Terei um banner lateral no blog, por uns tempos, com o link directo para o site. Quero apoiar o que é nosso.

 

PS - Tenho curiosidade em saber as vossas experiências com este produto. E sendo uma linha recente, eles, certamente, também terão. Estou no facebook e aqui, sempre com sede de saber tudo.
Bom proveito :)